sábado, 20 de agosto de 2011

A morte e vida de Charlie



Boa noite amigos,

Já disse Tony Garrido quando cantou: “sábado à noite tudo pode mudar”, ou as noites de sábado sempre são diferentes, ou nós mudamos a cada semana e nenhum sábado é igual ao outro. Devaneios a parte. Dei uma pausa na loucura que anda minha vida e da digitação excessiva para um filme. Não gosto de fazer resenha, isso é verdade, mas quando gosto muito de um filme ou de um livro gosto de divulgar para os meus amigos, principalmente aqueles que compartilham das mesmas ideias e gostos que eu.

Acabei de assistir o filme: A morte e vida de Charlie St. Cloud, título original: Charlie St. Cloud.

Suspeita de dizer é claro (sou apaixonada por histórias marcantes), o filme é para quem gosta de histórias com muitas surpresas, criatividade e acima de tudo sensibilidade para abordar temas importantes como família, amor, romance, medos, perdas e lealdade. Além de espiritualidade. Eu simplesmente me encantei, não li ainda o livro, mas amanhã vou até uma livraria para adquirir o livro homônimo do autor Ben Sherwood e lançado no Brasil pela editora Novo Conceito.

Resumindo a história sem querer estragar as surpresas do filme, Charlie tem que lidar com a morte prematura de seu irmão caçula, Sam, depois de seu estado de morte ele retorna a vida e mantém contato com o espírito de seu irmão. Os dois se encontram todo dia ao entardecer. Em meio a vida solitária e o universo em que passou a viver onde ele e o irmão divertem-se, ele se apaixona por uma garota, Tess, esse romance acaba dando reviravoltas na vida do jovem que acaba em uma situação bem delicada e que exige dele além de sabedoria, sensibilidade para reconhecer sinais enviados para ele, descobrindo assim, que milagres acontecem.
Vale à pena conferir. Quem gosta do Nicolas Sparks, tenho certeza que gostará muito desse filme e acredito que do livro também. A trilha sonora também foi muito bem escolhida, gostei muito.

Abaixo seguem os dados do filme.

Título no Brasil: A Morte e Vida de Charlie
Título Original: Charlie St. Cloud
País de Origem: EUA / Canadá
Gênero: Drama / Romance
Classificação etária: 12 anos
Tempo de Duração: 99 minutos
Ano de Lançamento: 2010
Estréia no Brasil: 14/01/2011
Site Oficial: Estúdio/Distrib.: Universal Pictures
Direção: Burr Steers


Boa diversão para todos!

Dica de cantora – conheci hoje e me apaixonei pela voz dela, suave e doce, as músicas são de fazer chorar...
Priscilla Ahn

Beijos azuis i3

Nenhum comentário: