sábado, 26 de maio de 2012

Triângulo amoroso

Por: Monica Blue

E que o Lancelot continue bemmmmmm longe em seu cavalo.
Sim. Por que coitada da Gienevere, ter que escolher entre o Rei Arthur e ele. Aí está a questão: Por que toda história de amor tem que ter um triângulo amoroso? Não faz sentido, sempre existirá nos filmes uma mulher para dois homens decidirem quem ficará com ela, esse é o sentido do amor? Afinal o Rei Arthur é o Rei Arthur e não precisa brilhar sob a luz do sol! hehehehe - Amor é convivência, compartilhar, conversar, ombro, colo, companheirismo. 
Mas vamos lá para explicar um pouco a minha ideia de hoje a respeito do assunto, parece que os filmes e livros querem nos fazer acreditar que sempre existirá o perfeito e o que precisa...

Só alguns exemplos:

Lancelot - O primeiro Cavaleiro - A história é focada no triangulo amoroso, onde o velho rei não quer perder o amor nem o poder, a jovem esposa fica dividida entre a lealdade ao marido e o amor por um homem mais novo, e o jovem guerreiro que, apesar de ser leal ao seu rei, não quer perder seu verdadeiro amor.
O Diário de Bridget Jones - A jornalista que passa dois livros ou três filmes entre o advogado Mark Darcy o editor Daniel Cleaver.

Quem Vai Ficar com Mary?
Um nerd do colégio perde a chance de levar a menina mais popular da escola na noite de formatura e também perde contato com ela. anos mais tarde, ele contrata um detetive para encontrá-la, mas o detetive acaba também se apaixonando por ela.

Entre Dois Amores

Uma baronesa dinamarquesa - Meryl Streep -, casada por conveniência com um barão - Klaus Maria Brandauer - é uma mulher forte, que cuida de uma plantação de café na África, onde conhece um misterioso caçador - Robert Redford -, por quem se apaixona. clássico de Sydney Pollack, vencedor de sete Oscars em 1985)

Simplesmente amorNuma tentativa de curar seu coração, um escritor (Colin Firth) parte para o sul da França e lá acaba se apaixonando. Karen (Emma Thompson) desconfia que Harry (Alan Rickman), seu marido, a está traindo.

Vida bandidaQuando o irresistível Joe (Bruce Willis) e o hipocondríaco Terry (Billy Bob Thornton) fogem da prisão, eles decidem aplicar uma série de roubos a banco de Oregon até a Califórnia. Até que em meio a um assalto eles encontram Kate (Cate Blanchett) por quem logo ambos se apaixonam.

CrepúsculoO filme é de qualidade duvidosa, mas um triângulo amaoroso envolvendo uma mortal, um vampiro e um lobisomen tem de estar nessa lista.

Tenha fé
Três amigos de infância, um padre, um rabino e uma atraente empresária se reencontram a passar a relembrar a vida e questionar a fé.
E assim vai, por que será?

Bom para refletir!

Beijos azuis

Nenhum comentário: