sexta-feira, 29 de abril de 2011

HIstórias de amor



Histórias de amor são reais, algumas vezes não tão exageradas quanto nos filmes, novelas e livros, mas outras vezes são tão mais assustadoras e fortes que tornam-se inacreditáveis.



Ontem eu tive um dos maiores presentes da minha vida e meu coração acalmou-se e acalentou-se.


Finalmente o livro desenrolará a última parte que falta.



Obrigada anjo por você existir e me guiar...


Eu sabia que Cidade dos Anjos era nosso filme, agora eu tenho certeza....


Blue




quarta-feira, 27 de abril de 2011

Amanhecer



E tudo renasce e se renova



assim como o amanhecer.



Alguns laços nunca se rompem



mesmo com o anoitecer...






By: Monica Blue

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Amor de filho

Esse ano mereceu muito mais do que uma simples comemoração, afinal, tê-los na minha vida de volta, com saúde, foi como tê-los feito nascer novamente de dentro de mim, assim como o amor e a felicidade. Parabéns filhos, que esses momentos se repitam por muitos anos em nossas vidas. SAÚDE sempre! O resto vocês conseguem...




Nada melhor do que o amor filial, ele é tudo o que nos move, é tudo que nos faz seguir em frente. Meus anjos que me guiam e que me fazem ter forças quando estou fraca, quando enxugo as lágrimas quando quero chorar. Amo vocês babies.

domingo, 24 de abril de 2011

Olhos postos em ti


Fanatismo
Minhálma, de sonhar-te, anda perdida
Meus olhos andam cegos de te ver!
Não és se quer razão do meu viver,
Pois que tu és já toda a minha vida!

Não vejo nada assim enlouquecida...
Passo no mundo, meu amor, a ler
No misterioso livro do teu ser
A mesma história tantas vezes lida!

"Tudo no mundo é frágil, tudo passa..."
Quando me dizem isto, toda a graça
Duma boca divina fala em mim!

E, olhos postos em ti, digo de rastros:
"Ah! Podem voar mundos, morrer astros,
Que tu és como Deus: Princípio do Fim!..."

Florbela Espanca

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Meu anjo é você


Ma-lu

Essa é para meu anjo, tão perto e tão longe...

Em teus olhos, eu vejo
Quem sempre quis, me apaixonar
Adoro, desejo
Ser feliz, por te amar

Meu anjo do céu
Que Deus me deu

Teu mundo é a casa, amor
aonde eu vou
Eu vou contigo morar
Com a graça de Deus
E a benção do amor
Pra sempre

Doçura, de um beijo
Emoção, de saciar
Ternura, cortejo
Adorei, acompanhar

MEU ANJO É VOCÊ!

Na estrada da vida, amor
Eu vou
Ao meu destino chegar
Lá no paraíso aonde o amor
Pra sempre...

Erguemos nossas mãos
Eu e você, coração.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Encontro de amigas

Minhas lindas! Nicole e Thamy.
Encontro perfeito, quase que a Saraiva nos expulsa. heheheh. brincadeirinha.

Amooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!





ENTREVISTA ALFA

Entrevista na ALFA

Amei!!!!! Falar de literatura é sempre um presente!







Hoje tive o prazer de ser entrevistada pela galera da faculdade Alfa. Valeu galera, vocês são demais!!!!


quinta-feira, 14 de abril de 2011

Para o meu anjo real


By: Monica Blue

Meu anjo secreto
Que deixou tudo para trás.
Apenas para cuidar de mim.
Que habita dentro de mim.

Meu amor secreto
Que tira todas as amarras.
Apenas orienta.
Que está ao meu lado.

Meu anjo que sempre está aqui por mim.
Hoje nos dançaremos sobre as estrelas.
Hoje estou forte.
Você me mostrou o caminho de volta para casa.

Minha alma gêmea
Deixe o passado para trás.
Vamos nos concentrar no futuro.
O que podemos fazer.

Para eu estar ao seu lado outra vez
Você segura minha mão.
Dança comigo como nos velhos tempos
Dê-me uma razão para continuar.

Jamais me deixe de novo.
A neve é fria.
Agora estou forte.
Sem você eu fico perdida.

Você observa tudo em silêncio.
Mas conhece dentro de mim.
Sabe quem eu sou.
Dei-me sua mão.

De agora em diante serei forte.
Chegarei até você.
Sentirei você
Amarei você até que a eternidade tenha fim.

Metade de mim é amor
E a outra é você.
Tire a venda que me cega.
Mostre-me as belezas.

Você me deu tudo.
Sempre esteve aqui comigo.
Jamais me abandonou.
Sua honra é intacta.

Hoje conseguirei dormir em paz em seus braços.
Você me deixou forte e agora sinto-me em casa.
Doce anjo
Deixe o passado para trás.

Tire a venda que me cega.
Mostre-me o que posso fazer
Para ficar junto de você.
Segure minha mão e diga seu plano.

Dance comigo.
Sonhe comigo.
Somos apenas um.
Jamais me deixe novamente.

Sem você eu fico fraca.
Eu perco meu caminho.
Não encontro saída.
Seja meu apoio.

Obrigada por não me abandonar.
Sonhos algumas vezes não se desfazem no ar.
Dentro de mim queima fazendo você apaziguar
Você me deu uma nova chance.
Eu não o decepcionarei.
Eu prometo.

domingo, 10 de abril de 2011

Lamento no Vale da Solidão


By: Monica Blue

Enquanto caminho na escuridão desse vale
Entre os braços de vampiros e loucos.
Meu coração só quer descansar.
Fugir dessas amarras que ferem minha alma.

Onde você está?
Como pude me afastar de você?
Traga-me de volta sua luz.
Não consigo ficar sem seu amor.

Andando nos escombros que transformei minha vida.
Meu coração ainda bate em algum lugar.
Eu já provei da dor o suficiente para aprender?
Cansei de chorar sozinha algemada em mim mesma.

Quando você voltará?
Avise-me quando puder me encontrar.
Tirar-me dessa bagunça toda que fiz.
Mostrar-me novamente o caminho.

Você ainda me ama?
Sinta o meu amor chamando por você
Dê-me outra chance para aprender que estava errada.
Quero sentir sua energia novamente aquecendo minha alma.


Eu sei que errei.
Não conseguirei lutar sozinha.
Como sairei dessas teia que me envolvi?
A sinfonia é outra. A sintonia é outra.


Você ainda consegue salvar minha alma?
Mostrar que esteve certo e presente?
Não consigo caminhar sem sua luz.
Vou tropeçando em meus próprios passos.


Perdida nas sombras que me envolvem.
Pode ouvir meu chamado?
Eu consigo agora entender que caminhei por outros lugares.
Você consegue atravessar e me tirar daqui?


Eu agora sei o quanto é impossível e insuportável sua ausência.
Eu farei o melhor de mim.
Para tê-lo ao meu lado para sempre.
Farei tudo ficar certo.


Sei que te fiz chorar e sofrer.
Honestamente eu não compreendia o que podia fazer.
Não consigo respirar.
Sem seu amor.


Eu farei o que você disser para me tornar uma borboleta.
Não quero ser um morcego nem mariposa.
Eu não consigo comer ou dormir.
Você é tudo que eu tenho de verdade.


Meu amigo, minha metade, meu amor.
O único anjo que já se importou.
Quando eu caí aqui perdendo-me nesse vale de solidão.
Volte para mim.


Não posso lutar sozinha contra mim mesma.
Diga-me apenas que voltou
E que tudo ficará bem de novo embaixo de suas asas.
Eu voltarei a ficar protegida e quente.


Meu coração emana o resto de luz que sobrou.
Talvez você possa me localizar assim.
Enquanto é tudo frio e escuro.
Ouça as batidas.


Não deixe que eu me vá para provar que estava errada.
Salve-me antes que seja tarde demais.
Encontre uma saída para mim.
Quero sair daqui não vejo como.


Você conseguirá voltar?
Estico minhas mãos para tentar te encontrar.
Sou uma bagunça, tão escuro e frio é esse vale da solidão.
Salve o resto de alma que restou em mim.


Antes que eu queime, exploda ou pule.
Meu coração e alma estão abertos esperando você voltar.
Encontre a porta, a ponte.
Ouça meu chamado.


Fiz a escolha errada, porque não percebi
O quanto uma ilusão pode custar.
Eu farei o que é certo.
Apenas me dê outra chance.


Tire-me desse vale logo
Livre-me das mentiras que eu mesma criei para mim.
Estou perdida aqui sem você, sem sua orientação.
Diga apenas que voltou para mim, por mim.

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Amigos


Verdadeiros amigos são raros, mas existem. amo meus amigos! Por tudo que representam na minha vida e por fazerem dela um lugar melhor por existirem. Amo vocês pessoal!!!

Eu e a Ray em Brasília.

Beijos!!

terça-feira, 5 de abril de 2011

Entrevista


Em meio a tantas entrevistas fui agraciada com uma entrevista maravilhosa do site Cara de macaco.
Vale a pena conferir, principalmente para quem quiser conhecer mais um pouquinho sobre mim, visite e deixe seu comentário, só acessar o link abaixo.

http://carademacaco.com/2011/04/05/bloco-de-notas-1-com-monica-lopes-de-mendonca/

Beijos

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Pensamentos sombrios


By: Monica Blue
Original em inglês no Blue´s Diary

Pensamentos silenciosos
Rostos estranhos
Uma canção sombria em volta do fogo.
A brasa entre seus braços.

Dor profunda da solidão
Divertindo-se com o silêncio da dor
Quero aquecer você nos meus braços.
Não importa o que já viveu.

Algumas cicatrizes são importantes e necessárias
Aproveite o momento
Mesmo quando escorre e esbarra na dor
Prove para mim o gosto do sangue e desse insano amor.

Inconstante e inconseqüente
Alguns incêndios não se apagam com água.
Outros apenas destroem tudo ao redor.
Restando apenas cinzas.

E quando você apenas se sente um nada
E perde a fé até em si mesmo
Reflita o pensamento nesse espelho que eu sou.
Veja a mesma marca que restou.

Algumas vezes você sonha, grita, dança e chora
Outras se ilude e acredita
Ou simplesmente veste as roupas e vai embora.
Carregando mais uma de tantas decepções e mentiras.

Pensamentos sinistros
Corpos ousados e frios
Como seus corações de pedra
Como a adaga que carrega.

Apenas arranque fora meu coração.
Não preciso mais dele.
Faça esse favor.
Eu não preciso mais de um saco para carregar mentiras.

Quando tudo que você acreditou desmoronar
Lembre-se que você quem construiu castelos de vidro.
E eles cortarão suas veias profundamente.
Inundando seus sentimentos com tudo o que restar.

Lembre-se apenas que você vai continuar
Como eu continuo
Nadando em um mar vermelho.
Lutando contra mim mesma
Apenas olhe para o espelho.

Tudo o que você precisa
É o que está lá.
Aquelas lágrimas que você derrama.
Farão você lembrar.

Passos silenciosos
Eu estou aqui em seus braços.
Brasa que queima e arde cicatrizando tudo.
É apenas seu olhar que reflete e me confidencia enquanto o mundo
Permanece mudo.