segunda-feira, 28 de setembro de 2009

CORRENDO CONTRA O TEMPO


O tempo está passando depressa...tic tac, tic tac....
Sinto como se eu fosse a Alice no país das maravilhas correndo atrás do coelho maluco.
O relógio vai girando sem parar.




E tanta coisa ainda pra fazer, pra organizar. Queria ser três, ou pelo menos duas para conseguir fazer tudo, dar atenção e resolver tudo que preciso.
A Nina quer que conheçam logo a sua história. Mas para isso há uma longa jornada...
Estamos tentando sermos mais breve possíveis.
O lançamento foi adiado sem data prevista.
Assim que souber o dia e que tudo estiver pronto mandarei mensagem para todos.
Enquanto isso, vamos deixando vocês atualizados.
O gibi do crepusculinho está bombando, se ainda não comprou, não perca tempo e corra para comprar logo, ou corre o risco de ficar sem o começo de tudo. rs
Consegui achar meu sono, mais não consegui terminar de bater um longo papo com ele, em breve acredito que terei tempo para dormir bastante e sonhar muiitooo.
A realidade grita.
então...
Mil beijos a todos e uma ótima semana!!!!
Blue

sábado, 26 de setembro de 2009

CADÊ MEU SONO? SUMIU!!!

Alguém viu meu sono por aí, tem exatamente três dias que não consigo dormir, nem durante o dia nem durante a noite. Acho que meu sono fugiu de mim...

Ou estou virando vampira...

Ou Zumbi...

Ou simplesmente estou ligada demais nesse lançamento, pq tem tanta coisa boa pra mostrar pra vcs que meu cérebro não para de trabalhar.

Posso arranjar emprego de guarda noturno.

Posso arranjar emprego em uma boate. hummm....

O lançamento do livro foi adiado, isso está acabando comigo! mas é pq tem que sair bem lindo e perfeito, então não custa esperar mais alguns dias, afinal dizem que: "o melhor da festa é esperar por ela..." eu não concordo muito, mas vá lá. Assim que tiver a data definitiva avisaremos.

Descobri um negócio engraçado. Notívago é fogo, fica viajando pela net encontrando coisas sem sentido e sem saber pra quê, mas tem um site que vc coloca seu nome e ele transforma seu nome para um nome vampiresco. É engraçado.

O endereço pra quem quiser ter a experiência é: http://www.emmadavies.net/

O meu nome ficou lindo, não tem nem como ler - Josette d'Angoulême

Agora um pensamento meu:
Quando ela olha para as estrelas brilhando no céu
Ela faz um pedido e diz boa noite.
Ela dirige sua vida como uma árvore,
Mas em seus sonhos...
Ela é livre como um cavalo correndo ao vento.
Ela nunca pensa muito em obstáculos.
Ela nunca se importa muito com as pedras.
Tudo é sempre tão confuso...
Que ela não se importa em não entender.
Ela sabe que no final vai ficar bem.
O sol sempre vai nascer por trás das montanhas.
Ela já encontrou a paixão uma vez ou duas.
Ela já viu seus sonhos transformarem em realidade
E depois quebrarem como vidros no chão frio.
Ela já conheceu o amor e percebeu quando ele se transformou em dor.
Mas, ela sempre continua seguindo.
Continua fugindo da escuridão.
Ela voa como o vento.
Ela é quente como o sol.
E enquanto dorme.
Ela vive como quer...
Hoje a noite ela irá correr pelos campos de novo
Como um cavalo selvagem ao vento.
Sem nada a temer...
Sem nada para se importar.
Apenas sentindo o vento abraçando seu corpo."
Bom restinho de sono pra vcs !
Beijos

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

VAMPIRAGEM

O vampirismo está na moda novamente, destaca sobre o assunto e vira aquela febre.
É a febre agora que vamos presenciar.
Não sei porque, mas nesse momento é que as portas se abriram e estou conseguindo lançar meu livro depois de nove anos engavetado. Talvez tenha um motivo oculto, que foge às explicações normais.
Ainda bem que pelo menos meu livro não fala de vampiros contra lobisomens.
A Saga Stephanie Meyer abriu portas novamente para o vampirismo.
Assim como foi na época do filme GAROTOS PERDIDOS.
Depois veio DRÁCULA de BRIAN STOCKER - Um dos meus preferidos, confesso. Mais adiante entro em detalhes.
Logo Após veio a vez de ENTREVISTA COM VAMPIRO, revolucionando o mundo dos vampiros, com os belos Tom Cruise e Brad Pitty tentando mudar o esteriótipo de que todos os vampiros eram feios e totalmente maus.
Tivemos uma série de livros da autora de entrevista com vampiro Anne Rice (uma das minhas autoras preferidas).
Depois tentaram fazer a continuação de entrevista com vampiro, que na verdade seria o vampiro Lestad, depois a rainha dos condenados, eles juntaram os dois e tentaram fazer um filme, ficou interessante, mas eu achei que poderia ter ficado melhor, principalmente porque no livro o Louis aparece e no filme nem se fala nele.
Os filmes - Anjos da noite (1,2 e 3) arrasaram.

Bem, tudo isso é para falar sobre duas séries que estão uma na segunda temporada e outra começando agora.


The vampires diaries e True Blood.
Que vampiro é esse GENTE?????!!!!

Essa foto é de matar! Principalmente quando você descobre que o gato aí em cima é o vampirinho do mal. Ai, ai... Fãs do Edward que me desculpem, mas eu preferia um vampirinho desse aí, ops, perai, voltando ao assunto... Essa série está ainda na primeira temporada no segundo episódio, é bem adolescente, uma mistura do seriado Arquivo Roswell com Barrados no Baile. É light, mas vale a pena assistir, o protagonista, o vampirinho bom e choroso é o mesmo ator que fez Fallen na HBO. Eu teria invertido os atores de lugar, mas tudo bem, não sei que rumo o seriado vai tomar. É baseado nos livros de L. Jane Smith da série do seriado.

A história é uma garota adolescente Elena que perde os pais e que fica entre os dois irmãos vampiros Damon (mal) e Stefan (bonzinho). Formando um triângulo amoroso, que já aconteceu no passado deles, só que ela é uma descendente da primeira que participou do triângulo. Eu gostei. Recomendo para quem tem Warner.

Elenco:

Nina Dobrev é Elena Gilbert
Paul Wesley é Stefan Salvatore
Ian Somerhalder é Damon Salvatore
Steven R. McQueen é Jeremy Gilbert
Sarah Carey é tia Jenna
Candice Accola é Caroline
Katerina Graham é Bonnie
Zach Roerig é Matt
Kayla Ewell é Vicki
Michael Trevino é Tyler Stratton



O outro seriado True Blood


Esse está na segunda temporada na HBO, é um seriado bem mais pesado, cirado por Alan Ball, tem muitas cenas de sexo, e os vampiros são meio doidos. Há o romance de uma garçonete (Sokkie) com o vampiro (Bill).
Por enquanto estou no primeiro episódio da primeira temporada, por enquanto, estou achando meio estranha, mas deve melhorar.


Sinopse: Baseada na série de livros Southern Vampire, de Charlaine Harris. Nela, vampiros e humanos vivem em certo equilíbrio, depois que japoneses desenvolvem um sangue sintético para exportação. Numa cidadezinha da Louisiana, porém, as coisas podem se complicar quando o vampiro Bill Compton (Stephen Moyer) se envolve com a mortal Sookie Stackhouse (Anna Paquin), uma garçonete inocente que lê a mente das pessoas.



Elenco:

Ator/atriz
Anna Paquin/Sookie Stackhouse
Stephen Moyer/Bill Compton
Sam Trammell/Sam Merlotte

Ou seja, nós acabamos tendo vários tipos de visões sobre vampiros, cada autor com a sua visão do vampirismo e da imortalidade.
Eu como gosto muiitooo do assunto, e não vejo a hora de que vocês leiam meu livro para podermos trocar informações sobre ele, vamos esperando.
Em novembro estreia o filme Lua Nova, esse não tem nem o que falar, é a sensação da galerinha.
Acho que empolguei hoje.
Beijinhos
e
cuidado com o pescocinho nunca se sabe quando vai se encontrar um vampiro...

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

QUASE CELEBRIDADE



Ontem fui ao Café literário promovido pela Lê Devolve. Foram poucas pessoas, mas as que estavam lá valiam todo o esforço que deve ter sido promover o evento.
Encontrei com a Renatinha Cullen (Presidente do fã clube Twlight), Tammy Gibson Jornalista, a minha querida editora Izaura, fui apresentada a algumas pessoas, e meu livro já está realmente sendo esperado. Agora, depois de ontem, pude perceber que é real, algo que posso, tocar, como se o sonho não fosse só aquela névoa, mas algo concreto.


Meninas queriam tirar foto comigo, nervosas, ansiosas, mal sabiam que o prazer de tirar as fotos era todo meu, e por alguns instantes me senti uma quase celebridade.
Será que estou mesmo pronta pra isso tudo?
Deu um medinho parecia que tinham mil borboletas na minha barriga, será que vou aguentar quando criticarem meu livro, me criticarem, será que terei pés no chão para não desistir?
Ai, ai, confesso, fiquei com medo.
Sempre terão aqueles que gostarão e os que não gostarão, isso eu já sei. Mas quando a gente presencia uma mesa redonda, dá medo, tanta gente falando tanta coisa de você, do que você quis dizer ou o que você nem sonhou em pensar dizer.
Mas acho que isso faz parte.
Sempre dizem que o melhor da festa é esperar por ela.
Mas esses dias estão me deixando louca.
O livro não fica logo pronto. Dá muito trabalho, porque tem que sair impecável, aí a editora sofre, porque passa por mil processos o livro até que esteja pronto, e eu sofro, porque ele não fica logo pronto. rs
Mas no final dá tudo certo.
Como diz uma pessoa muito especial pra mim, "Chuta que é macumba!"
É, eu acho que tudo tenha um motivo de ser, talvez sem a doença Meyer ou saga, eu não tivesse campo, não tivesse público que quisesse ler aquilo que eu tenho a oferecer. E os fãs dela estão sendo tão receptivos quanto ao meu livro, que até assuta. Deve ser porque elas lerão e se identificarão porque a mocinha não mora nos EUA (e todo aquele esteriótipo) ou na Europa (todo romantismo), ela mora aqui, no Brasil, onde tem sol forte, onde tem um parque, onde tem boate, onde tem vampiros e onde tem anjos...rsrsrs
Sei que entre nós duas a Meyer e eu pesam algumas semelhanças engraçadas, mas não na obra, na vida.
Mas de qualquer forma, valeu ter ido, valeu ter conhecido pessoas, aprendido mais coisas, e assim a vida segue me levando como se ela fosse uma vela num beco escuro, mostrando a direção dia-a-dia.
Estou feliz porque tenho amigos e cada vez mais conheço novas pessoas que se tornam especiais pra mim, e entre a correria natural da vida, sempre um recadinho no orkut, umas palavrinhas no msn.
Vou seguindo meu caminho, talvez, tudo que eu tenha vivido até hoje, tenha sido uma preparação para este momento, o meu momento. E tudo de bom ou de ruim que aconteceu, foi para me ensinar a lidar com algo que ainda acontecerá.
E aí vale um poema da minha ilustríssima Cecília Meireles:

"Motivo

Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:sou poeta.
Atravesso noites e dias no vento.
Se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
— não sei, não sei.
Não sei se fico ou passo.
Sei que canto.
E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:— mais nada.

Algumas fotos do evento para vocês darem uma olhada sobre o que estou falando
Tudo de bom gosto e requinte no Address Hotel:























































terça-feira, 8 de setembro de 2009

ANJOS DE OLHOS COR DE MEL


Anjo olhos de Mel
Anjo dos olhos de mel, perdido caído lá do céu
Por favor, me ouça com sua alma de diamante,
Você não está só.
Se você me perguntar o que eu quero saber.
É o meu mundo sem sentido você não vai entender.

Não fique com medo
Você é mais forte do que pensa
Aqui não há nada tão perfeito quanto sua alma.

Não espere que o tempo passe
Perdendo tempo com o que não importa
Eu consigo ver o que você é.
Não se perca entre flores e borboletas,
como um beija-flor.

Então não fique se sentindo assim tão vazio.
Lembre-se de que tem que me salvar de mim mesma.
Eu sei quem você é.

Não sinta medo.
De alguém que ainda não entendeu.
Não é mais uma figurinha para o álbum.
É apenas alguém para ajudar a mudar o foco.
Para encontrar o caminho.

Então se você quiser saber.
Dê um tempo para si mesmo e entenda o que está ao seu lado.
Compreenda o que é um coração vazio.
Esqueça todo o resto.

Você é um surfista de coração prateado,
Há tantas razões para se seguir.
A fome vai passar.
Esqueça o que magoa, o que faz doer.
Eu consigo ver nos seus olhos quem você é.

Não tente me entender.
Sou apenas um coração e alma vazios.
Esperando pelo resto, com medo de sonhar.

Mas você tem a luz nos seus olhos.
Irradia alegria.
Eu acredito no que você é.
Você é um anjo.
Aprendendo a viver entre os homens.
Perdido em sonhos errados.

Eu sou apenas uma sonhadora
Esperando alguém que nunca vi.
Que toca uma canção desconhecida,
perfeita, suave e doce...

Dê um tempo para si mesmo.
E tudo se transformará.
O muro se desfará.
Segure na minha mão e sentirá.
A verdade é que me preocupo com você.

Em meu tempo vazio penso em você o tempo todo.
Esqueça o tempo e o espaço.
Feche os olhos e saiba quem você é.
Voz de anjo,
Olhos de anjo.

Em meus sonhos você sempre é melhor do que tudo em volta.
Alguém para transformar.
É quem você é.
Alguém que vai mudar tudo que há em volta.
A fome vai passar e você irá mudar.
E eu sempre estarei aqui para segurar sua mão.

DE REPENTE


De repente você percebe que cresceu,
percebe que seus sonhos mudaram,
objetivos e você também.
Percebe que seguir as regras
e ser "certinho" a vida inteira
só rendeu frustrações.
De repente você percebe
que o principe é o sapo,
e o sapo que era o príncipe.
De repente você percebe
que o tempo corre muito depressa,
percebe que a vida é curta,
algumas vezes você nem compreende o que se passou.
De repente você percebe,
que depreendeu energia demais em algumas coisas,
enquanto podia estar administrando com outras,
tão ou mais importantes que aquelas.
Então você percebe que as coisas não são
Como você pensava que seriam.
Percebe que o mundo não é perfeito,
Que as pessoas não são felizes,
Que existe maldade e gente sem escrúpulos.
Percebe que o mundo cor-de-rosa é na verdade negro ou cinza.
Que pais matam filhos inocentes e filhos matam pais.
Percebe que tudo que você levou a vida inteira aprendendo.
Já não serve mais.
De repente você se percebe em desespero,
Como criar filhos em um mundo tão diferente do seu?
De repente você se vê frente a frente com situações inesperadas,
Com pessoas mal-humoradas, mal-amadas.
Percebe que quanto mais você se esforça,
Mais as coisas escorrem pelas suas mãos.
Percebe que não adianta fechar os olhos,
Cruzar os braços,
Ou simplesmente fingir que nada acontece.
Tudo continua lá.
O mundo continua girando e as pessoas se adaptando.
Percebe que por mais que tente você não pertence,
Não está no lugar certo. Ou está?
Então você se pergunta, se houvesse uma nova chance?
Faria tudo de novo?
Ou faria tudo diferente?
Se houvesse uma nova chance de você ser você,
Você escolheria ser você ou continuaria sendo um boneco
Movido pelo mundo que te manipula?
Caminharia sobre os mesmos passos
Ou escolheria novos caminhos?
Finalmente você percebe,
Que triste ou feliz você tem que seguir,
Com seu castelo de cartas.
Por que todo dia é dia de caça,
Os leões estão à espera.
Você tem que ser leão ou a gazela.
Querendo ou não você percebe.
Que tem que continuar correndo,
Porque o tempo não para.
A vida continua.
Você aceitando isso ou não.
Percebe que as noites que não dorme mais,
Não são reflexos de uma noite animada de festa.
Mas, de um bebê que chora em agonia.
E a noite não é mais alegre,
Às vezes é silenciosa e vazia.
Ou você está vazia.
Ou está cansada.
Mesmo se sentindo uma sonhadora.
Que acredita em anjos e vampiros.
E espera discos voadores.
A música que toca mudou.
E você mudou também.
Você ainda sabe dançar?
Pra onde foi sua alma?
Onde está você agora?

BLUE

Antigas Postagens


Resolvi transferir pra cá algumas postagens minha do outro blog, mas que eu gosto muito, como fazem parte de mim, gostaria que conhececem.

Espero que gostem.

Beijinhos no coração.
Blue

Para que o mal triunfe


"Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada"

(E. Burke)


Li essa frase e achei simplesmente o máximo!


Reflitam...
Beijos
Blue


Mil de mim


Eu queria ter uma máquina para poder me clonar.

Ou poder dar um pedacinho meu pra todo mundo que precisa de mim.

Hoje estou cansada.

É ser eu, é ser mãe, esposa, mãe do pai e da mãe, amiga dos meus amigos que precisam de mim, dos parentes, do trabalho, da vida.....

Queria me dar um pouco pra cada um.

Ai vida corrida.

Vontade de abraçar tanta gente. Sair por aí plantando sementes.

Queria tanto estar sempre perto, mas me sinto tão usente.

Tanta coisa.

Tantos momentos.

O Lançamento do livro está chegando e eu morrendo de medo.

Mais medo de que quando fui debutante.

Mais medo de que quando casei.

Mais medo de que quando tive meus filhos.

As pessoas vão conhecer meus pensamentos, vão questionar minhas idéias, minhas visões sobre as coisas e o mundo.

Ai que medo!

Ainda bem que sou eu, sou blue, sou tantas e sou eu.

Então se gostarem sou eu.

Se não gostarem....

também.

Estava precisando desabafar.

Beijusss.