sábado, 26 de maio de 2012

A vida segue...

por Luís Fernando Veríssimo
"Às vezes as pessoas que amamos nos magoam, e nada podemos fazer senão continuar nossa jornada com nosso coração machucado.

Às vezes nos falta esperança. Às vezes o amor nos machuca profundamente, e vamos nos recuperando muito lentamente dessa ferida tão dolorosa.

Às vezes perdemos nossa fé, então descobrimos que precisamos acreditar, tanto quanto precisamos respirar...é nossa razão de existir.

Às vezes estamos sem rumo, mas alguém entra em nossa vida, e se torna o nosso destino.

Às vezes estamos no meio de centenas de pessoas, e a solidão aperta nosso coração
pela falta de uma única pessoa.

Às vezes a dor nos faz chorar, nos faz sofrer, nos faz querer parar de viver,
até que algo toque nosso coração, algo simples como a beleza de um pôr do sol, a magnitude de uma noite estrelada, a simplicidade de uma brisa batendo em nosso rosto. É a força da natureza nos chamando para a vida.


Você descobre que as pessoas que pareciam ser sinceras e receberam sua confiança, te traíram sem qualquer piedade.

Você entende que o que para você era amizade, para outros era apenas conveniência, oportunismo.

Você descobre que algumas pessoas nunca disseram eu te amo, e por isso nunca fizeram amor,
apenas transaram...

Descobre também que outras disseram eu te amo uma única vez.E agora temem dizer novamente, e com razão, mas se o seu sentimento for sincero poderá ajudá-las a reconstruir um coração quebrado.

Assim ao conhecer alguém, preste atenção no caminho que essa pessoa percorreu, são fatores
importantes: a relação com a família, as condições econômicas nas quais se desenvolveu.
(dificuldades extremas ou facilidades excessivas formam um caráter), os relacionamentos anteriores
e as razões do rompimento, seus sonhos, ideais e objetivos.

Não deixe de acreditar no amor. Mas certifique-se de estar entregando seu coração para alguém
que dê valor aos mesmos sentimentos que você dá.
Manifeste suas idéias e planos, para saber se vocês combinam. E certifique-se de que quando estão juntos, aquele abraço vale mais que qualquer palavra. Esteja aberto a algumas alterações, mas jamais abra mão de tudo, pois se essa pessoa te deixar, então nada irá lhe restar.

Tenha sempre em mente que às vezes tentar salvar um relacionamento, manter um grande amor, pode ter um preço muito alto se esse sentimento não for recíproco.
Pois em algum outro momento essa pessoa irá te deixar e seu sofrimento será ainda
mais intenso, do que teria sido no passado.

Pode ser difícil fazer algumas escolhas, mas muitas vezes isso é necessário. Existe uma diferença muito grande entre conhecer o caminho e percorrê-lo. A tristeza pode ser intensa, mas jamais será eterna. A felicidade pode demorar a chegar, mas o importante é que ela venha para ficar e não
esteja apenas de passagem... "

O importante é continuar, mesmo quando tudo o que desejamos é mandar todo mundo pro inferno!

Beijos azuis e ótimo final de semana

Triângulo amoroso

Por: Monica Blue

E que o Lancelot continue bemmmmmm longe em seu cavalo.
Sim. Por que coitada da Gienevere, ter que escolher entre o Rei Arthur e ele. Aí está a questão: Por que toda história de amor tem que ter um triângulo amoroso? Não faz sentido, sempre existirá nos filmes uma mulher para dois homens decidirem quem ficará com ela, esse é o sentido do amor? Afinal o Rei Arthur é o Rei Arthur e não precisa brilhar sob a luz do sol! hehehehe - Amor é convivência, compartilhar, conversar, ombro, colo, companheirismo. 
Mas vamos lá para explicar um pouco a minha ideia de hoje a respeito do assunto, parece que os filmes e livros querem nos fazer acreditar que sempre existirá o perfeito e o que precisa...

Só alguns exemplos:

Lancelot - O primeiro Cavaleiro - A história é focada no triangulo amoroso, onde o velho rei não quer perder o amor nem o poder, a jovem esposa fica dividida entre a lealdade ao marido e o amor por um homem mais novo, e o jovem guerreiro que, apesar de ser leal ao seu rei, não quer perder seu verdadeiro amor.
O Diário de Bridget Jones - A jornalista que passa dois livros ou três filmes entre o advogado Mark Darcy o editor Daniel Cleaver.

Quem Vai Ficar com Mary?
Um nerd do colégio perde a chance de levar a menina mais popular da escola na noite de formatura e também perde contato com ela. anos mais tarde, ele contrata um detetive para encontrá-la, mas o detetive acaba também se apaixonando por ela.

Entre Dois Amores

Uma baronesa dinamarquesa - Meryl Streep -, casada por conveniência com um barão - Klaus Maria Brandauer - é uma mulher forte, que cuida de uma plantação de café na África, onde conhece um misterioso caçador - Robert Redford -, por quem se apaixona. clássico de Sydney Pollack, vencedor de sete Oscars em 1985)

Simplesmente amorNuma tentativa de curar seu coração, um escritor (Colin Firth) parte para o sul da França e lá acaba se apaixonando. Karen (Emma Thompson) desconfia que Harry (Alan Rickman), seu marido, a está traindo.

Vida bandidaQuando o irresistível Joe (Bruce Willis) e o hipocondríaco Terry (Billy Bob Thornton) fogem da prisão, eles decidem aplicar uma série de roubos a banco de Oregon até a Califórnia. Até que em meio a um assalto eles encontram Kate (Cate Blanchett) por quem logo ambos se apaixonam.

CrepúsculoO filme é de qualidade duvidosa, mas um triângulo amaoroso envolvendo uma mortal, um vampiro e um lobisomen tem de estar nessa lista.

Tenha fé
Três amigos de infância, um padre, um rabino e uma atraente empresária se reencontram a passar a relembrar a vida e questionar a fé.
E assim vai, por que será?

Bom para refletir!

Beijos azuis

terça-feira, 22 de maio de 2012

Passado x presente x futuro

Há coisas que ficam no passado, outras no presente e algumas no futuro e quando tudo se mistura em uma nuvem complexa e desconexa, o que fazer?
Dar um passo para frente.
Dar um passo para trás.
Ficar parado e esperar acontecer.
Ou simplesmente esquecer?

A metade da maça

Existem coisas incompreensíveis, assim como o sorriso de quem se ama de manhã que é o verddadeiro raio de sol.

Essa música marcou muito o dia de hoje, quem quiser ouvir está disponível no youtube.

A Metade Da Maçã

Roupa Nova

Composição: Ricardo Feghali/Kiko/Nando
Eu sou a voz amiga
Eterna, apaixonada
Eu nasci junto de você
Imaginando amores
Harmonizando as dores
Eu cresci perto de você
Afagando suas mãos
Tudo o que pedir seu coração
Em nome desse amor eu vou
Recriar o mundo
Cada segundo
Em nome desse amor eu vou
Te entregar um sol toda manhã
Eu canto o teu futuro
Tocando o teu passado
Eu venci tudo por você
Eu danço nos teus sonhos
Tornando eternos beijos
Sempre aqui, pronto pra você
A metade da maçã
Juntos ontem, hoje e amanhã
Em nome desse amor eu vou
Recriar o mundo
Cada segundo
Em nome desse amor eu vou
Te entregar um sol toda manhã

quarta-feira, 16 de maio de 2012

"Que as minhas imperfeições e medos não me façam desistir de lutar e sonhar."

Monica Blue

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Um novo dia

De: Monica Blue

Um dia você percebe que anjos não precisam de asas.
Compreende que eles não precisam voar.
Percebe que estão tão próximos que nem precisamos tocar
porque está dentro de nós pulsando em nossos corações.

Um novo dia começa
e você finalmente entende que existem anjos espalhados
por vários lugares
e através deles
Deus, o criador, a luz, ou como quer que denomine
te envia uma mensagem única
de vários pontos.

Que não se conhecem, nem vivem em redes sociais compartilhadas
pessoas de longe, de perto, do outro lado, além.
Todos transmitindo a mesma mensagem
aquela pra você ter a certeza de que não é imaginação.

A que um novo dia começa
E esses anjos são nossos amigos
que pressentem, intuem ou simplesmente aparecem.

Após uma longa separação
um breve momento de distração
e tudo acontece
uma vida se passa.

Então vem o novo dia anunciado
onde tudo vai se renovar
porque você é forte
você é grandioso
é semelhança
é fortaleza
é calor pulsante.

Um novo dia para respirar fundo
pôr em prática sonhos engavetados
ou alguns ainda nem sonhados.

Eles aparecem, de várias formas
sussurrando, escrevendo, dizendo.
Você não está aqui apenas para deixar a vida  passar
como uma folha em branco
ou um saquinho de plástico ao vento.

Há um motivo
e há o momento.

E esses anjos anônimos ou não
sabem quem são.

E eu os amo tanto, do fundo da minha alma
e do meu coração.

Sim eu continuo, porque um novo dia chegará
o dia certo.
O merecido.
O escolhido.
O meu dia favorito.

O do retorno.
do sossego.
do abraço
do aconchego.

Enquanto isso,
vamos pois a vida é breve.
e o ontem é ontem
passado é passado
e o amanhecer está chegando.

Obrigada a todos que fizeram o amanhecer de hoje se tornar diferente pra mim.

Amo vcs sempre.

Beijos azuis com doses de violeta e arco-íris.

sábado, 5 de maio de 2012

Saudade...

"Amo-te como a planta que não floriu e tem
 dentro de si, escondida, a luz das flores,
 e, graças ao teu amor, vive obscuro em meu corpo
 o denso aroma que subiu da terra.

Amo-te sem saber como, nem quando, nem onde,
 amo-te diretamente sem problemas nem orgulho:
 amo-te assim porque não sei amar de outra maneira,

a não ser deste modo em que nem eu sou nem tu és,
 tão perto que a tua mão no meu peito é minha,
 tão perto que os teus olhos se fecham com meu sono."
(Pablo Neruda)

Ai como dói a saudade!
Ai como castiga a distância...