domingo, 9 de maio de 2010

DIA DAS MÃES

Primeiramente FELIZ DIA DAS MÃES, para aquelas que nos dão a vida e seguem o resto dela cuidando de nós.
Ser mãe é uma benção, Deus me deu dois anjos lindos e levados que cuido como uma mãe coruja, águia, rsrsrss.

Esses são minha vida.

Antes de ser mãe nós temos uma visão completamente diferente da vida. A gente que importa, nossas vontades, nossa liberdade, nossos medos, nossos próprios problemas a resolver.

A partir do momento que ouvimos pela primeira vez um coraçãozinho que bate apressado chamar nossa atenção dentro de nós, quando faz o primeiro movimento dentro de nós, a partir deste momento não somos mais a mesma. Não seremos jamais quem éramos, um novo momento segue, mil preocupações acompanham o deleite de gerar uma vida, e essas preocupação cresce, conforme eles crescem.

Os meus filhos ainda são pequenos, mas todas as mães que conheço, mesmo aquelas que já são bisavós ainda preocupam-se o tempo todo.
Ser mãe não é deixar de ser filha, mas é mais que isso, é ser para a filha mais do que mãe.
Eu sou daquelas que já nasceu para ser mãe, sempre quis ser e agradeço a Deus pela oportunidade. Sei que não são meus, que pertencem a Deus, é apenas um empréstimo. Duas pedras preciosas que Ele pediu para cuidar e lapidar.
Então eu faço tudo o que eu posso, às vezes até além.
Não existem flores sem espinhos, então não existem filhos sem trabalho. Noites em claro, gripes, tosses, machucados, lágrimas, raiva, não querer comer, não querer vestir aquela roupa, não querer isso ou aquilo. Então vamos administrando.
Acho que ser mãe é ser uma grande administradora e ao mesmo tempo todas as outras profissões, porque temos que ser médicas, psicólogas, contadoras, astronautas, cantoras e contadoras de histórias. Por aí vai.
Mas, nada supera um sorriso delicioso ao vê-la chegar, ou quando chegam da escola e vem aquele beijo doce, molhado e suado, de quem estava morrendo de saudades, e a gente, morrendo de ansiedade para que cheguem logo, só para ver aqueles olhinhos brilhantes e traquinas que em segundos, fazem uma casa organizada, um verdadeiro lar sobrevivente de um vendaval.
E no outro dia tudo começa de novo e de novo.
Mas, depois da primeira batida de coração.
Seu coração nunca mais será o mesmo, nem sua vida.
Filhos, vocês são minha vida e tudo que faço dedico a vocês!
Tenho duas músicas que marcaram minhas duas gestações.
A do Gabriel foi Marisa Monte - Velha Infância

Você é assim,

Um sonho pra mim,

E quando eu não te vejo.

Eu penso em você,

Desde o amanhecer,

Até quando eu me deito.
Eu gosto de você.
Nathanael - Ana Carolina - "É isso aí" porque era verdade, quando ele nasceu eu não conseguia parar de olhar pra ele...

Eu não sei parar de te olhar

Eu não sei parar de te olhar.
Não vou parar de te olhar.

Eu não me canso de olhar.

Não sei parar
De te olhar.

FELIZ DIA A TODAS AS QUERIDAS DOCES, GUERREIRAS E AVENTUREIRAS MÃES!

Um comentário:

deby27 disse...

Linda a mensagem do dia das mães amei...